sábado, 16 de outubro de 2010

Sente o que te digo, não o irei repetir. Olha à tua volta. Olha o que ambas já fizemos para que esta história não encontrasse um fim. Repara agora na intensidade do que tivemos e nas palavras que me disseste ao longo de todo o tempo. Isto tudo pode ser passado, mas agora depende de nós para vivermos o mesmo no presente. Consegues sentir ? A amizade é uma alma com dois corpos, preciso de ti. Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Acredito que a nossa história ainda não tenha chegado ao fim. Afinal, nenhuma disse “fim”.

43 comentários:

  1. ando viciada na musica xD
    este texto está muito bonito, têm de fazer as pazes!

    ResponderEliminar
  2. se estás a falar destas , estão todas giras :)

    ResponderEliminar
  3. as cenas já estão bem, entre nos. foi apenas um discussão. eu e ela já estamos bem :')
    obrigada , minha querida.
    <3

    ResponderEliminar
  4. ainda bem, obgd!
    ps: responde a sondagem sff (:

    ResponderEliminar
  5. obrigada isso é muito importante para mim<3

    ResponderEliminar
  6. todas as fotografias são9 bonitas à sua maneira :)

    ResponderEliminar
  7. eu estive a ver a tua página dos olhares e gostei muito :D

    ResponderEliminar
  8. espero essa reviravolta à tanto tempo meu bem :C

    ResponderEliminar
  9. obrigada por seguires o meu blog!
    ps: foste a seguidora nº 100. muito obrigada :)
    beijinhos*

    ResponderEliminar
  10. o teu «blog» transmite a realidade de uma vida normal , ou até complexa . o:

    ResponderEliminar
  11. ou...e forma felizes para sempre. kis
    bom domingo

    ResponderEliminar
  12. Acho que aqui a querida es mesmo tu :)

    ResponderEliminar
  13. Amizade é algo importantissimo, nunca desista das suas!

    ResponderEliminar
  14. sim fofinha, chama-se 'pra você guardei o amor' , do nando reis :)

    ResponderEliminar
  15. ' eu sou feliz, com altos e baixos mas sou.

    ResponderEliminar
  16. encontro-me na mesma situaçao que tu. o texto está lindo!

    ResponderEliminar
  17. digo pois, hoje no ballet para fazer os plies foi um caso dos trabalhos xD

    ResponderEliminar
  18. percebo , alias a vida é muito , a coragem é pouca para algumas pessoas . :o
    obrigada eu amei o teu . (;

    ResponderEliminar
  19. ' sim, temos que ser todos apesar dos altos e baixos.

    ResponderEliminar
  20. Olha, continuo postando cinco poemas diarios em meu blog, http://lenjob.blogspot.com, mas vim apresentar o meu castelo, http://castelodopoeta.blogspot.com, que é interativo, com poemas de outros poetas, videos, curtas, entrevistas, exposições e etc..., sempre de arte, fotografia, moda (e segunda será postada a entrevista com a booker Sandra Sayão da Ford Models de Minas) e esportes alternativos e queria sua visita lá. Aguardo!
    Atenciosamente,

    João Lenjob

    Noites de Luar Para Sempre
    João Lenjob

    Se quiseres meu amor
    Se sentires ou sentes o que sinto
    Se tens o tempo que eu tenho
    Se me amas como eu te amo
    Se me perdoas, se entendes
    Como te faço meu bem
    Se és da minha rua ou do meu mundo
    Se podes caminhar comigo
    Plantar, colher, alimentar, sofrer
    Nós podemos viver para sempre
    Se estais pronta para tempestades
    Ou dilúvios e maremotos, correntes
    Para roseiras, constelações e noites de luar
    Para noites abraçados e com todos os beijos
    Se podes sentir minhas verdades (inteiras)
    Se sorrires a cada lágrima minha
    E souberes me dar a mão todos os dias
    Sentindo a minha falta e também presença
    Se venceres comigo todas as batalhas e amando
    Nós poderemos viver para sempre.

    ResponderEliminar
  21. mto bgdo por seguires o meu blog, seguirei tbm o teu^^
    gostei bastante, está muito bem escrito :)

    ResponderEliminar